Página optimizada para ser apresentada com o Chrome. Se usa um browser diferente, poderá encontrar dificuldades na utilização ou visualização de alguns items.
O Internet Explorer é, em particular, conhecido por apresentar problemas e descaracterizar a formatação original dos textos.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Horologium ( Relógio )


Ilustração da constelação do Relógio, segundo Lacaille


Dados da constelação:
Abreviatura oficial:  Hor
Genitivo usado para formar o nome das estrelas:  Horologii
Possível de se observar na totalidade entre as latitudes:  23°N – 90°S 
Possível de se observar parcialmente entre as latitudes:  50
°N 23°N
Culminação à meia-noite - data em que passa mais tempo visível à noite:  10 Nov


Uma de entre 14 constelações modernas introduzidas por Lacaille em 1754, após a sua viagem à Cidade do Cabo com o fim de cartografar o céu do hemisfério Sul, o Relógio de Pêndulo imaginado pelo astrónomo francês, originalmente intitulado " Horologium Oscillatorium ", pretendia homenagear Huygens ( inventor do relógio de pêndulo e astrónomo amador ). É bastante difícil de se localizar no céu, por ser constituída por estrelas pouco brilhantes - use-se como referências a constelação de Erídano e a sua estrela mais brilhante, Achernar, ou a zona do céu que se prolonga desde o Cão Maior e se segue à Pomba.

Na imagem encontramos a constelação do Relógio ao centro

As novas constelações de Lacaille pretendiam desenhar fronteiras mais precisas no céu e visavam homenagear os progressos da Humanidade nas Ciências e nas Artes, pelo que na sua larga maioria representam instrumentos dessa natureza. Por ser de origem moderna, não possui qualquer lenda associada.




Objectos celestes mais notáveis:



- NGC 1261 - um enxame estelar globular de Mag. 8.3 , observável com telescópios modestos.












- NGC 1433 - uma galáxia espiral barrada de Mag. 10.1 , observável com telescópios de abertura igual ou superior a 150 mm.















Localizem-se as estrelas e objectos celestes da constelação no mapa:


Clicar na imagem para ampliar o mapa

Mapa com fundo branco 

Se está a fazer observações do céu enquanto consulta esta página, desaconselha-se a visualização do mapa abaixo ( não clique na imagem ); a exposição a uma imagem tão clara fá-lo-á perder temporariamente a adaptação dos olhos à obscuridade, reduzindo a capacidade de distinguir pormenores mais finos. Esta adaptação, com o intuito de obter a melhor visão nocturna possível, é essencial nas observações astronómicas e demora cerca de 20-30 minutos a alcançar. A exposição à luz ( ou a um fundo branco ) reverte o processo de forma imediata, obrigando-o a esperar algum tempo para que os seus olhos se adaptem novamente à obscuridade.

Clicar na imagem para ampliar o mapa


Estrelas mais notáveis:


- α (Alfa), é uma gigante amarela de Magnitude 3.9 .
- β (Beta), é uma estrela branca de Mag. 5.0 .
- δ (Delta), é uma estrela branca de Mag. 4.9 .
- R Horologii, é uma estrela do tipo Mira ( protótipo desta classe de variáveis ). Possui a particularidade de ser uma das estrelas com maior variação de brilho, entre Mag. 4.7 ( visível a olho nu ) e 14.3 ( apenas visível com telescópios de abertura considerável ), em ciclos de 406 dias. Encontra-se a cerca de 100 anos-luz de nós.





_____________________________________________________________________________________________

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...